quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Aos românticos incompreendidos , aos insensíveis irresistíveis , aos lúcidos mais lunáticos , aos loucos mais reais. O universo é feito por todos os tipos de seres e disso ninguém duvida. Levamos as dificuldades a sério e depois rimos de tudo que passamos , talvez essa é a piada da vida . Nada muda de tal modo que nunca se esqueça . Acordei meio poética e pensativa hoje . Talvez de novo seja os acontecimentos . O que acontecem com vocês meus caros o dia todo ? Escola , faculdade , trabalho ou dormir ? Acho que ninguém aqui é vagabundo . Até ser preguiçoso é uma função . Estou abranjamos vários assuntos , porque talvez o mundo seja a junção deles . Ne me quitte pas é o que eu gostaria de dizer pra alguém no fim das contas . Percebi logo que todos somos dependentes . Precisamos de independência . Ou ela ou a morte no fim das contas .Percebem agora o que ela pode fazer com alguém? Mulheres que dependem de homens e vice-versa são o fim .   O fim não para o universo , pois ele não está nem ai pra você . O fim "no fim" das contas é felicidade ou solidão, você escolhe .Bom dia meus leitores , só não sejam que nem a Marrie Porrie , virem seus próprios poetas.

Um comentário: