quarta-feira, 20 de abril de 2011

As vezes sentimos falta da doce amizade que existia na infância e acabara na adolescência. A fase mais atormentada de sua vida , precisa ser passada com pessoas que se instalem em nossos corações . Não queremos parasitas ambulantes que se digam companheiros e na primeira dificuldade imediatamente nos surpreendem com preceitos mau feitos. É triste como uma coisa que deveria se frutificar , acaba sendo despedaçada pela ventania das etapas e não se glorifica em míseros minutos.
Como diz uma velha amiga da literatura " Nascemos e morremos sozinhos, deve ser por isso que necessitamos viver acompanhados."  Raquel de Queiroz estava certa . Levantamos o pé e queremos uma mão com a esperança de que ela seja  de alguém que possa nos apoiar . Queremos acima de tudo que essa companhia ultrapasse de beijos e cheiros e outros blábláblás . Queremos que ela ultrapasse fronteiras da razão e se estabeleça a qualquer situação.

2 comentários:

  1. Muito bom o texto, e acho essa citação está certissima " Nascemos e morremos sozinhos, deve ser por isso que necessitamos viver acompanhados."
    Parabéns pelo blog..estou seguindo já xD

    Retribui? http://cantinhodrikasanttos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Barbára!
    Pois, adolescência, fase complicada. Sempre queremos ter o mundo por perto. Nos sentimos sós, e mal interpretados.
    As amizades na adolescência podem ser bem voláteis. Porém, aquelas que sobrevivem, são eternas. Claro que, quando crescemos, e olhamos o mundo de outra forma, nos tornamos mais seletos e procuramos com mais traquilidade as pessoas que nos compreendem.

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir